Posted on abril 20, 2010. Filed under: Artigos sobre bolsa, Comentários diários |

 

As 215 empresas selecionadas, pelo critério de liquidez, para concorrer ao Prêmio Abrasca de Criação de Valor, concedido pelo Anuário Estatístico das Companhias Abertas, tiveram valorização de 80% no valor de mercado no final de 2009. As 150 excluídas pelo mesmo critério apresentaram ganho de apenas 13% no período.

� o que revela a análise que a GRC Visão está elaborando para selecionar as companhias que irão concorrer ao Prêmio de 2010, que será entregue em julho durante o lançamento do Anuário, que é editado pela Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca).

Segundo os técnicos da consultoria econômica quando foi aprofundada a análise entre os diversos grupos de 365 empresas listadas na BM&FBovespa, ao final de 2009, uma característica se sobressaiu: quanto maior a exposição da companhia ao mercado, melhor será, na média, seu comportamento no pregão.

Pelo critério de liquidez do Prêmio Abrasca de Criação de Valor são classificadas as companhias com free-float superior a 10% e com presença em, no mínimo, 60% dos pregões da BM&FBovespa.

Os técnicos da GRC Visão também constataram que a relação do valor de mercado com os proventos pagos pelas companhias foi distinta entre os dois grupos de empresas. Os proventos pagos pelas companhias da amostra selecionada para o prêmio representou 5% do seu valor de mercado, enquanto o grupo excluído pelo mesmo critério de liquidez teve retorno de cerca de 4,1%.

Os proventos pagos pelas companhias abertas – somatório dos dividendos e juros sobre capital próprio – registrados pelas companhias listadas na BM&FBovespa em 31 de dezembro do ano passado totalizaram R$ 62,4 bilhões, 5% inferior aos R$ 65,3 bilhões pagos pelo mesmo grupo de companhias no final de 2008. A redução foi o reflexo da crise financeira, que fez muitas empresas registrarem prejuízo ou queda expressiva no lucro, afetando o pagamento de dividendos

â??O critério de liquidez aplicado pelo Prêmio Abrasca de Criação de Valor é uma ferramenta eficiente na seleção do grupo de companhias de maior dinamismo no mercado de capitais brasileiro, uma vez que a amostra de companhias que possuem maior participação relativa no mercado de capitais, observa desempenho nitidamente superior às demais empresasâ?, afirma o economista Alexandre Fischer, diretor da GRC Visão. Para ele, garantir participação consistente em pregão, mantendo ou mesmo elevando os níveis de liquidez e de exposição ao mercado, é uma eficiente ferramenta de criação valor.

  • Blog do INI

  • abril 2010
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: