INI elege novo conselho e reelege seu presidente

Posted on abril 30, 2009. Filed under: Aconteceu no INI, Comentários diários | Tags:, , , , |

BN003762  28 de abril de 2009  14:58 HORALOCAL

Principal objetivo da entidade é formar o investidor consciente,
fomentando a criação de clubes de investimento

    São Paulo, 28 de abril de 2009 – O Instituto Nacional dos
Investidores (INI) elegeu ontem em AGO o seu Conselho de Administração
para o biênio 2009-2011, agora constituído por 11 membros.

    Foi reeleito para mais 1 ano de mandato como Presidente, Paulo
Maurício Tinoco de Campos, gerente da Divisão Administração de
Sistemas Valores Mobiliários, da área de Relacionamento com
Investidores da Petrobras.

    Foi eleito como 1º Vice-Presidente, que substitui o Presidente em
caso de ausência, Jean Philippe Leroy, Diretor do Departamento de
Relações com o Mercado do Banco Bradesco. Como 2º Vice-Presidente foi
eleita Elizabeth Benamor, Gerente de Relações com Investidores da
Souza Cruz.

    Foram eleitos ainda como Membros do Conselho: Geraldo Soares Leite
Filho, do Itaú Unibanco; Gilberto Lourenço da Aparecida, do Banco do
Brasil; Hélio Oscar Moraes Garcia Junior, da PR Newswire; José
Antonio de Almeida Filippo, da CPFL Energia; Paulo de Sousa Oliveira
Jr., da BM&F Bovespa; Roberto Castello Branco, da Vale; Hélcio
Fajardo Henriques, representante dos investidores e Clubes de
Investimentos, e de Théo Rodrigues, Diretor Geral do INI.

    Como membros suplente foram eleitos Andre Luiz Comunale, do BNDES;
Andrea Paula Fernandes, da Suzano Papel e Celulose; Carlos Raimar
Schoeninger, da Vivo e Roberto Terziani, da Oi.

    A nova gestão prevê uma série de atividades para 2009, dentre elas a
realização, no segundo semestre, do I Congresso INI; o lançamento de
uma revista voltada para os investidores individuais; um programa
especial de incentivo à formação de clubes de investimentos; além da
ampliação do projeto de aproximar as empresas abertas dos
investidores individuais, atingindo as cidades do interior do país,
contando aí com a parceria da Apimec.

    Todas essas iniciativas seguem os pilares estratégicos da entidade –
formar o investidor consciente e ser um efetivo canal de comunicação
entre esse público e as empresas abertas – e também a missão de
ensinar os caminhos do investimento em Bolsa e de promover o mercado
junto a pessoas físicas por meio da formação de clubes de
investimento. Atualmente, o número de associados, pessoa física, é de
5.600, que somado aos cadastrados formam uma comunidade de mais de 40
mil pessoas interessadas no mercado de ações.

    Sobre o INI ( www.ini.org.br )

    O INI é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2002 e lançada
oficialmente em 25 de agosto de 2004. Sua missão é disseminar a
cultura do investimento em ações, trabalhando na formação de
investidores conscientes, e tornar-se o principal canal de
comunicação entre as empresas abertas e os investidores de varejo.
Conta com 23 empresas fundadoras, 6 empresas associadas, 5.500
investidores associados, 35.500 cadastrados, 338 clubes de
investimento associados, 32 corretoras parceiras e 60 Membros
Orientadores (MOs), ou seja, trata-se de uma comunidade de cerca de
40 mil indivíduos interessados e envolvidos com o mercado de ações.

    Um dos principais diferenciais do INI é a simplicidade de seu método
de seleção de empresas de crescimento, que conta com o suporte de um
software e de um banco de dados de 200 empresas listadas na Bovespa,
com informações de um período de 7 anos. O acesso a essas ferramentas
está disponível para os associados no site www.ini.org.br . A
ferramenta facilita a análise de indicadores como as margens de
lucratividade, o lucro por ação, o crescimento das vendas e a relação
entre o preço e o lucro por ação da empresa. A utilização do método
INI, visa sempre horizontes de longo prazo, e é especialmente voltado
para os fundamentos da empresa, orientando o investidor a não se
preocupar muito com as oscilações de curto prazo.
Sua metodologia simples está baseada em cinco princípios:

  • Investir regularmente uma determinada quantia, independentemente

das condições do mercado;

  • Reinvestir todos os dividendos recebidos e ganhos de capital

obtidos no mercado;

  • Investir em ações de empresas de crescimento, cujas vendas estejam

aumentando a uma taxa anual superior à do setor em que está situada;

  • Diversificar os investimentos em diferentes empresas de diferentes

setores.

  • Investir em empresas com bons princípios de governança corporativa,

especialmente com relação aos direitos e proteção dos pequenos
acionistas.

    O INI foi inspirado na National Association of Investors Corporation
(NAIC), entidade americana, com mais de 50 anos de atividade, e que
conta com milhares de investidores e clubes de investimentos
associados. O INI tem como associados fundadores as entidades do
mercado – Abrasca, Ancor, Andima, BNDES, Finep, PR Newswire – e as
principais empresas abertas: Banco do Brasil, Bradesco, Brasil
Telecom, Copel, Eletrobrás, Embraer, Itaú Unibanco, Oi, Petrobras ,
Santander, Souza Cruz, Suzano Papel e Celulose, Vale e Vivo. Conta
ainda com a Braskem, CPFL Energia, CSN, Sulamérica e TAM como
empresas associadas.

28/04/2009

Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Blog do INI

  • abril 2009
    S T Q Q S S D
        maio »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: